Dicas do que NÃO fazer para emagrecer

A idéia do blog não é estimular as fofinhas a emagrecer e sim a se amar, mas o fato é que nesse inverno eu acabei engordando, então iniciei uma dieta nessa semana e decidi falar sobre no blog. Voltei a cuidar do meu peso, pela minha saúde e também pelo fato de ter notado que essa engordadinha impediu que aquela calça jeans que eu adoro entrasse.

Sempre fui fofinha. Na infância iniciei uma reeducação alimentar com uma nutricionista e desde então já perdi as contas de quantas receberam a minha visita (mais de 5, com certeza).

Dou graças de ter tido a chance de ter feito essa reeducação alimentar com uma profissional. Com ela aprendi a gostar de frutas e legumes e a compreender melhor como funciona o meu organismo e como cuidar melhor do meu corpo.

A verdade é que é muito fácil falar, mas a distância entre SABER o que fazer e FAZER é bem grande. É preciso definir um objetivo e ter muita paciência e força de vontade para alcançá-lo.

Diante desses mais de 10 anos enfrentando o problema do meu sobrepeso, sigo sendo fofinha e nenhuma dieta foi totalmente bem sucedida, pois não consegui me manter firme e forte depois de cada quilo perdido.

Diante disso, resolvi dar dicas do que NÃO fazer quando se quer emagrecer, porque disso eu entendo muito bem diante de tantos casos mal sucedidos.

Também pelo fato de eu enfrentar tamanha dificuldade em emagrecer, passei a me aceitar melhor e a parar de sofrer tanto, ou seja, conheci a felicidade quando passei a me aceitar e amar, mesmo diante das minhas imperfeições.

A coisa mais importante que aprendi comigo mesma foi: Você não precisa perder peso para se amar. Você precisa se amar para perder peso.

Agora vamos as dicas do que não fazer:

1. Pare de inventar desculpas. É de família? Você não tem tempo para se exercitar? Você não tem dinheiro? Chega de inventar desculpas. Comer é uma necessidade vital e você TEM que comer. Mude sua forma de se alimentar. A sua genética não te obrigada a comer frituras. Você pode emagrecer sem fazer exercícios (leva mais tempo, mas é tranquilamente possível). Você não precisa investir em suplementos e alimentos caros, basta diminuir a quantidade. Isso tudo é DESCULPA ESFARRAPADA. ENGULA O CHORO, LEVANTE A CABEÇA E TENHA FORÇA DE VONTADE.

2. Dietas milagrosas. Aceite que, quando se trata de dieta, NÃO EXISTE MILAGRE.Fazendo dietas loucas você perde peso na base da carência (seja de doces, gorduras, etc) daí o seu corpo enlouquece e pede pelo que está faltando. No fim, você não consegue lutar contra, se rende, come que nem uma louca  e engorda tudo de novo – e mais um pouco.

3. Ficar horas sem comer.A sua cabeça vai doer, o seu estômago vai começar a reclamar e se você persistir fazendo isso por dias você terá um novo problema além dos quilos a mais: uma bela gastrite que terá de ser tratada e isso poderá arruinar a sua dieta.

4. Fazer dieta por conta. Se você não sabe qual a diferença entre proteína e carboidrato nem pense em iniciar uma dieta. Informe-se! Vá além de cardápios prontos em revistas de dietas “Perca 5 kilos em uma semana”. Quando você for a uma nutricionista e aprender sobre as funções dos alimentos, reconhecendo cada grupo, você entenderá o porquê daquela dieta da revista ser tão promissora e poderá repensar se ela é válida e saudável, o que na maioria das vezes não é.

5. Fazer a dieta da melancia, da sopa, do chocolate, do… não sobrecarregue seu organismo com uma só coisa. Você vai enjoar, vai sentir falta dos demais alimentos e ainda  pode se intoxicar e ter até alergia se ingerir somente um alimento com muita frequência. Fato: Tenho uma amiga que fez a dieta da melancia e ficou com alergia a melancia, pois a alimentação era praticamente na base dessa fruta. Se eu tivesse que ficar o resto da vida sem comer melancia por causa de uma dieta mal equilibrada eu entraria em depressão (amo melancia ♥). Então CUIDADO COM OS EXAGEROS. Lembre-se: remédio na dose errada por se tornar um veneno. O mesmo funciona para as dietas. A idéia é equilibrar.

6. Comer muito. É possível sim comer muito em uma dieta. Você se entope de salada porque “não engorda” e o seu estômago segue dilatando. Com o estômago dilatado, você vai sentir ainda mais fome. Além da sua cabecinha, o seu estômago também precisa ser reeducado. Coma menos e com mais frequência. No começo é mais difícil, mas depois que seu estomago diminuir você vai se sentir saciada comendo menos e seguir com a dieta vai ser ainda mais fácil ;)

7. Você emagreceu? A luta não terminou. Agora vem a parte mais difícil e é nesse nível que quero chegar um dia: MANTER. Você até pode perder aqueles 5 kilos da dieta da revista, mas para voltar a ganhá-los vai ser tão fácil que num piscar de olhos sua calça não estará mais entrando de novo! Que merda, hein? Pois é, meu bem. A dieta pode não ser eterna, mas o cuidado com o que você ingere e o quanto você ingere terá de ser eterno, então você terá a árdua tarefa de encontrar o equilíbrio do seu corpo (quantas calorias diárias você pode ingerir sem medo de engordar? Isso pode variar de pessoa para pessoa, conforme o metabolismo, estilo de vida, etc) e aí o papel da nutricionista se torna ainda mais importante. Com o acompanhamento, se você der uma engordadinha, ela vai saber te dizer onde exatamente você errou e, dessa forma, ela poderá responder as duas dúvidas e ajudar na manutenção do seu peso.

Espero que tenham curtido as dicas. Todas foram baseadas nas minhas experiências e agora vou dar um jeito de colocá-las em prática também. Falar é fácil, quero ver FAZER!

Beijos, fofinhas ;*

12 thoughts on “Dicas do que NÃO fazer para emagrecer

  1. Ai! Que tédio, odéio falar sobre isso. Mas fazer o que? É super real, o difícil é manter o peso. Como meu metabolismo é lento engordo rápido. Em março do ano passado tive uma linda bebê com o parto cesariano, hoje estou com 81 kilos, tenho 1,73m. Preciso voltar para pelo menos 72 kilos que é o que eu pesava antes da gravides, mas que horror, tem sido difícil D+, não consigo parar de comer doces, o que faço? Mas vou chegar lá. Obrigada pelo incentivo e por mostrar a realidade neste post.
    Beijos.

    1. Também amo doces e sempre estou atrás de outras alternativas para evitar sobremesas mega calóricas. Eu descobri uma coisa super legal para saciar a minha vontade de doce, que é o Diet Shake ou o Bioslim. São shakes que têm em torno de 200 cal que são doces (tem sabor chocolate, baunilha, morango…). Quando tiver com vontade é uma boa alternativa pq tem fibras também e juro que são super gostosos. Vale tentar! O preço é digo pq eles rendem em média 11 porções. Para sobremesas busque usar ingredientes light e fazer aqueles pudinzinhos diet/light que tem em qualquer mercadinho. São alternativas que podem ajudar e muito! Obrigada pela visita e por compartilhar tua experiência, querida! Beijos!

Deixe uma resposta para Milena Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.